16 de ago de 2011

Rick Strassman - DMT e a Glândula Pineal - LEGENDADO


Rick Strassman investigou os efeitos da substância N,N-dimethyltryptamine (DMT), um poderoso enteógeno, ou psicodélico, que é produzido por plantas e animais, assim como nos organismos humanos, no qual foi apontado experimentos de quase mortes e REM.
Strassman também especulou que a substância seria produzida pela glândula pineal, o qual escreveu um livro chamado DMT: A molécula do Espírito, e um documentário baseado em seu livro
Fonte- Wikipédia

5 comentários:

  1. O DMT foi sintetizado pela primeira vez em 1931, e demonstrou-se ser uma substância alucinogénia em 1956. Foi encontrado em muitos géneros de plantas (Acacia, Anadenanthera, Mimosa, Piptadenia, Virola) e é um componente principal de muitos “cheiros” alucinogénios (cohoba, paricá, angico), sementes e bebidas.

    ResponderExcluir
  2. É isso ae marcelo! Depois da tempestade é que vem a calmaria! seja bem vindo marujo, navegaremos pois! Muito maneiro o post

    ResponderExcluir
  3. Esse post me impressionou por demais, porque tive experiências intrigantes quando meu marido estava quase morrendo no hospital. Sensações que situações estressantes provocam, etc, etc, etc. Uma amiga ficou dias em coma e também vivenciou experiências interessantíssimas,como andar pelo hospital de mãos dadas com uma outra paciente que também estava em coma, no leito ao lado do dela...Casos e mais casos... Agradecida!

    ResponderExcluir
  4. Pois é! Segundo Strassman a glândula pineal realmente libera DMT nestas ocasiões de quase morte, ou seja, temos esta substância contida em nosso organismo. Algo no mínimo extraordinário.

    ResponderExcluir