21 de abr de 2014

De volta ao mar!

Hey Marujos!!!

Vamos içar as velas, levantar âncora e desfazer as amarras! Sim, é isso mesmo o que vocês ouviram,  após todo este período ancorado no porto da consciência, vamos retomar a nossa viagem sem destino, com o único objetivo de explorar a infinitude dos mares psicodélicos.


Sem as devidas reformas na embarcação, com a metade da tripulação que habitava o barco nas ultimas viagens, nos lançamos a essa viagem a deriva, navegaremos com algumas paradas em ilhas pelo caminho, por quanto tempo? O tempo necessário para a saudade do mar nos tomar por completo e nos fazer retornar. No mais é isso, subam a bordo e venham navegar conosco, é muito bom estar aqui de novo!



9 de jan de 2013

Um pé de que?


Boa noite navegantes!

Hoje deixo pra vc´s um episodio do programa um "Pé de que?" apresentado pela Regina Casé na Tv Futura. O programa apresenta a história do uso da cannabis, não apenas o uso recreativo, mas também o medicinal e industrial, são 23 minutos de muita informação, espero que apreciem.



21 de dez de 2012

Vício Primavera


Boa tarde navegantes!

Como nossa vitrola encontrava-se empoeirada, resolvi tirar a poeira e colocá-la para funcionar, apresentamos hoje a banda Vicio Primavera, fortalecendo a arte independente os caras tem uma pegada rock n´roll com letras lisérgicas, uma brisa!



A banda formou-se em 2007, e assim como sua música, uma mistura de ritmos e influencias, as origens das cabeças pensantes do grupo é diversificada, por alguma força cósmica estas encontraram-se no interior do estado de São Paulo.

Alem da poesia sonora, a banda também tem raízes nas artes plásticas, os dois EP´s lançados pela banda apresentam encartes com design diferenciado, A contagem do acaso se abre feito flor, e  Pra que servem os cataventos é uma caixa de pandora selada com um catavento. Este trabalho plástico se deve a participação da banda no coletivo Malditos Artistas Insones, o qual também contribui na produção dos encartes da banda.




Vicio Primavera canta e encanta os olhos e ouvidos daqueles que entram em contato com o seu trabalho, a poesia de suas letras levam o espírito ao êxtase, a melodia exausta os corpos devido ao ritmo que não nos permite ficar parados, e o trabalho gráfico nos leva à uma viagem fantástica, vale a pena conferir o trabalho desta rapaziada.



A contagem do acaso



Pra que servem os cataventos



Contatos: 




10 de dez de 2012

Estante: Admirável Mundo Novo


Boa noite navegantes!

Venho hoje adicionar um clássico do famoso Aldous Huxley à nossa estante lisérgica, “Admirável Mundo Novo”, romance escrito em 1932, antes do renomado “As portas da Percepção”.
Admirável Mundo Novo é uma ficção, todo o enredo tem o tempo medido após o nascimento do deus Ford, sim Henry Ford o pai da produção em serie é endeusado por uma sociedade condicionada a produzir e consumir, uma massa com ideais hedonistas, condicionados a não experimentar a solidão e os sentimentos por nós conhecidos. A grande massa é mantida em ordem devido as doses diárias de Soma, uma substancia psicoativa fornecida pelos administradores mundiais.
Huxley consegue nos prender com as tramas que ocorrem nesta Nova Ordem Mundial, vale a pena conferir.




26 de nov de 2012

Quem desrespeita quem?


Boa noite caros navegantes!
venho a bordo trazer uma noticia (segue abaixo) que me causou um certo impacto quando li, e tal impacto me levou a tal reflexão, quem esta desrespeitando quem? O usuário que consome sua droga no conforto e segurança do seu lar (medida que evita alguns problemas com a policia), ou o condomínio que priva os moradores de gozar do seu sagrado e doce lar?  O que vocês tem a dizer? Abrimos o campo de comentários para discussão, deixe sua opinião.
Abraços








"A administração de um condomínio residencial no bairro Papicu, área nobre de Fortaleza, afixou um comunicado no quadro de aviso do prédio, pedindo que os moradores não fumem maconha. O comunicado chama atenção pela forma como a administração se dirige a esses usuários.
O texto começa dizendo que "por razão das constantes reclamações à Administração, comunicamos aos senhores moradores que têm o vício de fumar maconha, que não é mais possível conviver com a situação constrangedora de estarmos sendo incomodados pelo odor forte do referido mato, que se alastra pelos apartamentos vizinhos, corredores e elevadores a qualquer hora do dia e da noite".
O alerta da administração destaca que não é contra o vício, "mas que, por favor, escolham outro local para fumar, pois esse odor vem incomodando até as crianças e levando os condôminos a ir fedendo à maconha para o trabalho". O recado completa "que moramos em condomínio e que precisamos respeitar nossos vizinhos".
O informe pede ainda que os usuários "pratiquem seu vício fora dos apartamentos para não incomodar as outras pessoas que aqui residem". E finaliza com uma ameaça: "avisamos que estamos solicitando 'numa boa', mas caso seja preciso, iremos acionar os meios competentes para resolver tal problema".
O comunicado foi afixado no último fim de semana depois que um morador, sentindo-se incomodado com o cheiro de maconha, resolveu queimar pneus no hall do condomínio."



Fonte da noticia: Yahoo