24 de jul de 2011

VITROLA: BRAZILIAN GUITAR FUZZ BANANAS



Olá a todos, venho aqui hoje apresentar uma pérola de uma vertente musical, da qual considero a mais interessante, o então chamado 60' punk, ou som garageiro como queiram. Embora poucos saibam, o Brasil também teve suas representantes, algo além da simples e inocente Jovem Guarda com sua aura politicamente correta, e disso que iremos tratar nessa resenha de uma coletânea feita por um brasileiro radicado em New York chamado Joel Stones. O maluco tem uma loja de discos, a Tropicalia in Furs, especializada em música brasileira, portanto, ninguém melhor para garimpar as pérolas.
O disco duplo reúne 16 músicas do que há de mais sujo e pesado no rock psicodélico brasileiro em 60 e 70 (visto que aqui no Brasil a onda psicódelica demorou pra chegar, assim como demorou pra acabar), algumas totalmente desconhecidas até mesmo para fãs e garimpeiros de plantão. Possui um encarte contendo várias fotos e textos em português e inglês, além de um óculos 3d pra completar a viagem. A faixas segundo consta foram extraídas de promocionais e até mesmo de divulgação em rádio, e foram melhoradas da melhor maneira possível, porém, sem perder a qualidade.
O registro é bem interessante, e certas músicas têm histórias bem interessantes, que vão desde censura a métodos nada ortodoxos de criar sons. Aos interessados, vale totalmente a pena conseguir o disco:

A1. Célio Balona – Tema de Batman

A2. Loyce e Os Gnomos – Era uma nota de 50 cruzeiros
A3. The Youngsters – I Want To Be Your Man
A4. Serguei – Ourico

B1. Fábio – Lindo Sonho Delirante (L.S.D.)
B2. Tony e Som Colorido – O Carona
B3. 14 Bis – God Save The Queen
B4. Banda De 7 Léguas – Dia De Chuva

C1. Ton e Sérgio – Vou Sair do Cativeiro
C2. Ely – As Turbinas Estão Ligadas
C3. Os Falcões Reais – Ele Século XX
C4. Marisa Rossi – Cinturão de Fogo

D1. The Pops – Som Imaginário De Jimmi Hendrix
D2. Loyce E Os Gnomos – Que é Isso?
D3. Piry – Herói Moderno
D4. Mac Rybell –
The Lantern

3 comentários:

  1. Tema de batman, e lindo sonho delirante sao massa d+, psicodélia em essencia.
    belo post Sir Willian

    ResponderExcluir
  2. Uau! O Som Imaginário é muuito bom! Adorei o toque.

    ResponderExcluir
  3. Curto muito o cover do mac rybell para The Lantern, realmente ficou competente. Agora uma curiosidade que gostaria de saber é se esse 14 Bis é a msm banda q toca até hj, pq é bem mais pesada. Keep in touch Lilian...boa viagem a todos

    ResponderExcluir