7 de abr de 2011

Vitrola: Catapilla

Vitrola: Vai ser o mural onde estaremos indicando bandas que fizeram historia no movimento psicodélico, esperamos que gostem e aproveitem essas psicodélicias.



“Catapilla é o som fonético da palavra Caterpillar, lagarta em português, aquele inseto que arruinou a maçã na capa do primeiro disco do grupo e que se regala devorando uma suculenta folha na capa do segundo.
A banda mais ou menos se definia como uma lagarta a destruir e apodrecer a perfeição utópica da popsicodelia inglesa perdida em Strawberry fields”. (Comunidade "Catapilla - Changes" no orkut).

Assim como aquele leitor que descobri o livro de sua vida em um pequeno sebo no centro de uma grande cidade, aconteceu comigo ao descobrir esse som, em uma situação digna de ser chamada de mágica, fui convidado a conhecer o trabalho dessa fantástica banda, convite que fora inicialmente recusado, mas que graças a Luz divina tive tempo de voltar e aceita-lo. E é maravilhado pela experiência proporcionada pelo trabalho da lagarta que venho aqui divulgá-lo.
Pra quem gosta de um som bem experimental, rock´roll com uma pitada de jazz e muita criatividade, o prato esta servido, aqui estão os dois únicos cd´s lançados pelo Catapilla.




Naked Death 15:36
Tumbleweed 3:58
Promisses 5:43
Embryonic Fusion 24:09






Reflections 12:03
Charing Cross 06:40
Thank Christ For George 12:02
If Could Only Happen To Me 06:37


2 comentários:

  1. Essas capas de lps antigos eram bem legais...nada de photoshop, lances em azul e laranja. Saudades desse tempo q não vivi =(

    ResponderExcluir
  2. Para quem acha que Janis Joplin era uma boa cantora...ouçam Catapilla. Além disso, as longas partes instrumentais são MUITO melhores que qualquer música da banda da Janis Joplin.

    ResponderExcluir